welcomeuruguay.com

Sua viagem pelo Uruguai começa aqui.

Nombre Paseo

Passeios e Excursões:

O mercado do porto

Pablo Etchevers Pablo Etchevers

Conhecé-lo é fascinante. Detrás dos seus pórticos, cada posto e churrascaria exibe deliciosas carnes, vísceras e pamplonas. Fora, candombe e artesanato. ¿O qué mais pode pedir?

O Mercado do Porto na Cidade Antiga de Montevideo

Num mercado como os antigos, disso não temos dúvidas. Basta com percorrer fora e dar a volta inteira para entender na hóra que estamos localizados na cidade antiga, a poucos metros do porto de Montevidéu.

Inaugurado 10 de outubro de 1868, os jornais ingleses e montevideanos da época falavam da magnitude da obra encabeçada pelo comerciante espanhol Pedro Sáenz de Zumarán e uma sociedade de empresários e visionários uruguaios.

A sua construção, de orígem inglês, foi feita nas oficínas que a Union Foundry tínha na cidade de Liverpool. Esse profissionalismo devotou-se também na montagem e armado do complexo, para o que vieram profissionais da Inglaterra especialmente.

A arquitetura européia transporta-nos na hóra a aqueles tempos em que tudo era leiloado dentro, desde as hortaliças, frutos e carnes vendidas no interior do pais até os escravos africanos que, junto a outras ilegalidades chegadas da velha Europa, negociavam-se nos arredores do lugar.

O Mercado do Porto na Cidade Antiga de Montevideo

Por sorte, os tempos tem mudado. Hoje o mercado renovou-se completamente. Totalmente diferente, goza de muito boa saúde e isso está demonstrado com a quantidade de visitantes que querem conhecé-lo porque tem ouvído da sua fama, da sua beleza e, é claro, das suas carnes.

Encontra-se dentro do mesmo contexto de antanho, onde agora artesãos, cafés, restaurantes e outras lojas dão um marco de boas-vindas inapagável à sua velha entrada que continúa olhando para o porto.

Milhares de turistas percorrem diáriamente procurando desde antiguidades e lembranças até roupas de costumbrismo e artigos de couro, ainda que as churrascarias são a grande atração que tem o lugar.

É tradição desde há décadas que quem encontra-se o sábado ao meio-dia por Montevidéu possa almoçar no Mercado do Porto. De acordo com a urgência do visitante, pode fazer em pé (sobre o balcão) ou sentado numa confortável cadeira para passar o tempo.

O Mercado do Porto na Cidade Antiga de Montevideo


Autêntica churrascaria uruguaia

A fumaça, que cada meio-dia do ano apropria-se literalmente do mercado e de várias cuadras ao redor, fala às claras do que aí dentro acontece. E não existe olfato que resista semelhante tentação. ”Taxi, me leva ao porto”, é a frase mais ouvida por qualquer taxista uruguaio cuando o relógio tem deixado faz tempo de marcar o meio-dia.

Alí dentro descansam esperando ao seu público as melhores amostras da gastronomia uruguaia, desde o chivito ao prato ou à canadense até os melhores e mais sóbrios cortes de carne; vísceras, churrasco, frango, matambre, “choto” (chinchulin trançado), pamplonas recheias e outras delícias que nesta parte do mundo são moeda corrente.

O Mercado do Porto na Cidade Antiga de Montevideo

Os turistas estrangeiros ficam surpresos pela beleza com a que mostram-se os pratos. As churrascarias aparecem à vista de todos como veras vitrines que em lugar de roupas, jeans ou bolsas exibem as suas carnes e outros manjares com preços populares.

A adrenalina que aprecia-se dentro, onde os garções e churrasqueiros desvelam-se por atender ao pessoal em tempo e forma, é algo que acontece em poucos lugares do mundo e que aquí tem passado a se-naturalizar cada vez que o relógio marca as 12 e apetite começa a aparecer. Fora sempre alguma galera de jóvens mostra a dança e o som do candombe afro-uruguaio, tradição que encarrega-se de virar qualquer almoço ou jantar numa velada inesquecível.

O Mercado do Porto na Cidade Antiga de Montevideo
Welcome Uruguay - Paseos em Montevidéu
© 2007-2021 Proibida sua reprodução total ou parcial. Derechos de Autor 675244 Ley 11723

Localização

Dados úteis

A considerar

Tanto os restaurantes quanto os postos do interior do mercado onde pode comer em pé oferecem ao visitante uma gastronomia de excelênte nível a preços mais que acessíveis. De qualquer jeito, recomenda-se pagar em pesos uruguaios para evitar qualquer inconveniente no momento de trocar dinheiro, algo que sempre deve ser feito em bancos ou organismos autorizados, jamais na rua.


Compartilhar no Twitter Siga Welcome Uruguay no Twitter
Compartilhar no facebook Welcome Uruguay no facebook: Gosta
Inscreva-se no nosso canal no YouTube Videos de Welcome Uruguay no YouTube
Siga-nos no Google+